Píer do centro de Búzios é reaberto

No domingo (16) já vai servir de local de desembarque para os 5.428 cruzeiristas que estarão a bordo do transatlântico Seaview

 Interditado há um ano pela Secretaria do Patrimônio da União (SPU), o Píer do Centro foi reaberto nesta sexta-feira (14). No domingo (16), já vai servir de local de desembarque para os 5.428 cruzeiristas que estarão a bordo do transatlântico Seaview. O píer estava fechado desde o final de 2017, quando um laudo realizado a pedido do Ministério Público apontou a necessidade de obras de reestruturação.

Com a reabertura, a cidade volta a receber todas as escalas de navios desta 22ª temporada, que começou este mês e termina em abril de 2019, totalizando 64 escalas, trazendo ao balneário, mais de 180 mil turistas de várias partes do mundo. A estimativa, é um impacto de mais de 50 milhões na economia local.  Embarcações de pescadores, apoio aos aquatxistas e visitação de moradores e turistas também voltam a fazer parte da rotina do local.

Em abril desse ano, quando realizou o I Seminário de Direito Náutico, a Associação Comercial e Empresarial de Búzios (ACEB), chegou a entrar com um mandato de segurança, solicitando a sua reabertura, que não avançou, já que o processo já estava com a tramitação bastante adiantada:

– Todos ganham com a reabertura do Píer, em especial, o turismo, principal fonte de economia da cidade – comentou o presidente da ACEB, empresário Thomas Weber,

A licença foi emitida pela Secretaria do Patrimônio da União (SPU), por meio da Agencia Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ). Com isso, o Tribunal Regional Federal da 2ª Região suspendeu na quinta-feira (6) os efeitos da decisão que mantinha o Píer do Centro de Búzios fechado.

O MSC Seaview tem mais de 153 mil toneladas e conta com uma tripulação de 1.413 pessoas de diversos lugares do mundo (inclusive brasileiros!). A velocidade máxima alcançada é de 21,3 nós (cerca de 40 km/h) – tudo isso com 323 metros de comprimento, 41 metros de viga e 72 metros de altura. Ao todo, são 20 decks e 33 elevadores, sendo 19 para hóspedes – e dois panorâmicos.

Fotos: Gustavo Henrique Medeiros – G&C Comunicação